O que fazer diante de um trauma no dente?

Afeta as diferentes idades da infância e da adolescência, de acordo com os motivos que o produzem. Na idade pré-escolar, por exemplo, acontece por quedas e acidentes. Em crianças mais velhas, que já são mais úteis, geralmente são secundários a acidentes esportivos, quedas de bicicleta e acidentes fortuitos com outros colegas ou amigos. Se falamos de adolescentes, as razões costumam ser brigas, acidentes desportivos, de moto ou de carro.
Quando houver um problema em um dente e este se mova, ou mude de posição, que se insira dentro da gengiva, que se quebre ou seja tal o golpe que faça com que caia, devemos levá-lo à consulta do dentista, que deve ser avaliado o dano sofrido e o possível tratamento para evitar maiores danos.
O que devemos fazer diante de um trauma dental?
O objetivo principal do tratamento dos traumatismos dos dentes temporários (de leite) é a prevenção do dano potencial nos dentes permanentes, assim, um controle para o dentista, posteriormente ao golpe, é fundamental para evitar problemas na erupção ou desenvolvimento do dente permanente ou definitivo.
No caso de que o trauma seja em um dente permanente e este cair é aconselhável colocá-lo em algum recipiente com leite ou um dos pais, coloque o dente debaixo da sua língua e dirigir-se imediatamente ao dentista por se pudesse reimplantarlo. Além disso, há que ter em conta que, após um golpe possa parecer à primeira vista que o dente não sofreu danos, mas pode mesmo ser quebrado. Nesse caso, é o dentista que você deve avaliar o dano e agir para evitar a perda da peça dentária.
Se o dente permanente é completamente deslocado do alvéolo (site que ocupa o dente no osso) o reimplante terá mais chances de sucesso se for feita nos primeiros 30 minutos após a queda. Mas é o dentista quem faça essa série de casos em que as condições ótimas para que o dente não se perca.
E se a criança leva ortodontia?
Há que dizer também que, quando o acidente tiver sido provocado um menino que leve ortodontia podem soltar-se, com o golpe, os fios que estão unidos os “brackets”, ou até mesmo descementarse os brackets. Isso deve ser examinado por um dentista o mais rápido possível para aliviar o desconforto e evitar possíveis lesões na gengiva com o fio solto.
Em resumo, é muito importante ter em conta que, diante de um trauma em um dente, as chances de perder serão maiores quanto mais tarde se vá ao dentista.